De velhos a novos escritores: uma nova distância.

Escrever é uma arte a qual poucos a dominam com a destreza necessária a um bom escritor. Mas dois alunos da EMP Gildte dos Reis Lima, em Monte Alegre de Sergipe, chamam a nossa atenção pela maneira delicada e crítica, ao mesmo tempo, com  que dispõem suas idéias nos textos que escrevem. Deve-se ressaltar que não é importante, no momento, analisar questões estruturais de sintaxe, ortografia e ou pontuação. O que deve ser levado em conta é a criticidade do pensamento dos dois, que mesmo advindos de escolas rurais, percebem o mundo de uma forma diferente da de seus colegas em curso. 
Vale a pena revelar que esses dois alunos, Álvaro e Fabiana, ambos da 7ª série do turno vespertino, pertencem a uma nata de futuros escritores e isso muito me alegra, pois vejo quão apurado se tornam seus sensos críticos. Para que não seja apenas eu a vislumbrar o "desenvolvimento" desses dois estudantes, vou colocar os textos dos dois para que você, meu caro e nobre leitor, analise comigo e perceba o quanto é bom ver seu aluno aflorar para um novo dom, um novo caminho. Tenho certeza do quanto ainda precisamos lapidá-los quanto às formalidades padrão da língua, mas já conforto-me em saber que o melhor eles já tem plasmado em suas idéias.



















Comentários

Anônimo disse…
Os alunos Alvaro e Fabiana estão de parabéns, pq são os alunos esforçados atentos por isso estar com essa criativadade e que no futuro pode ser os escritores de Monte Alegre.

Postagens mais visitadas