quarta-feira, 22 de outubro de 2008

SABER VIVER

Saber Viver

Não sei... Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura... Enquanto durar

Cora Coralina

A carroça

Ao longe se ouve o estalido
dos ferros na madeira
parece o som do triângulo e da zabumba
fazendo música ao longe da estrada

O carroceiro grita carinhosamente
_ Iééééégua, Ligeira, tou atrasado!

O animal parece entender
remonta seus passos e o som do
chicote no ar compõe um acorde completo
em harmonia com a respiração dos dois
_homem e animal.

No caminho, umcarro de boi
nele a música é mais forte.
Cá, um canto de alegria
lá, um canto de lamento.
Carroça e carroceiro
animal, carroça e música
saída do suor de ambos
até que o dia termine.

Betania Maria de Andrade Ferreira (versos concebidos no dia 24.05.08)

Pesquisa realizada pelos alunos da 6ª Série B do Colégio 28 de Janeiro

  1. Apresentação:
  • A pesquisa foi realizada pelos alunos, Wêmilla, Solange, Tatiane, Rômulo e Tassiane e colocada em prática no Colégio 28 de Janeiro e na Escola Estadual José Inácio de Farias, tendo como objetivo descobrir porque os alunos do ensino médio preferem estudar no turno noturno.

2. Desenvolvimento:

  • A pesquisa foi realizada com os alunos do 1º e 4º ano do ensino médio normal do Colégio 28 de Janeiro e com as turmas do EJAEM da Escola Estadual José Inácio de Farias, os dados coletados foram transformados em gráficos e dados percentuais com o auxilio da Professora de Matemática Ana Kátia.

3. Conclusão:

  • Conforme os dados analisados 65% dos alunos entrevistados trabalham durante o dia, 16,67% não gostam de estudar durante o dia, 6,66% moram na zona rural.
  • Concluiu-se também que a maioria dos alunos entrevistados têm 18 anos, que seus pais não completaram o ensino fundamental e que todos são agricultores e ganham apenas um salário mínimo. Além disso os alunos acham que é mais proveitoso aprender durante a noite, mas na nossa opinião a noite eles chegam mais cansados e os professores dão menos conteúdo.
  • Os alunos gostam mais de estudar nos finais de semana e a minoria nas últimas horas que antecedem a prova. E a maioria pretendem ser professor.

4. Anexos:

  • Questiónario:

1. Idade:

2. Série:

3. Escolaridade dos Pais

4. Profissão dos pais:

5. Renda familiar:

6. Motivo para optar pelo curso noturno:

7. Turno que considera mais proveitoso para se aprender:

8. Tempo que se dedica para o estudo:

9. Que importância tem a escola para a sua vida:

10. O que você quer ser no futuro.


*"Se as coisas parecem inatingíveis... ora!
Não é motivo para não querê-las!
Que tristes os caminhos, se não fora
A presença distante das estrelas."*
Mario Quintana

Os desenhos do céu

Tantas imagens falam por si só!!!!!!!! O que nos dizem as nuvens que desenham histórias e traçam caminhos para nossa imagin...