Composições




Composições e convite





O trabalho educativo é dos mais importantes e prazerosos que um profissional possa usufruir. Com ele e através dele, o professor comprometido viaja com os alunos para mundos diversos e ainda consolida os conhecimentos trazidos pelos seus alunos de suas vivências diárias.

Pensando por esse viés, observei que muitos discursos sobre preservação tornam-se relegados a segundo plano por causa da pouca consciência que se tem do que seja necessário preservar, construir e ampliar, ou seja, do que realmente seja importante. Por essa razão, pensei num projeto que envolvesse o estudo do patrimônio a partir da base que é a natureza. Pensei em questões como: o que é patrimônio? De que formas devem preservá-lo e para que deva fazer isso? Para responder a esses e outros questionamentos, o projeto “Conhecendo, registrando e preservando” nasceu criando expectativas de que conhecendo a nossa base natural pudéssemos aprender a preservar tudo ao nosso redor de modo efetivo e consciente. Traz como lema o seguinte: “Se eu não souber preservar a minúscula flor que vejo na mata, não saberei preservar o manacial de água que mata a minha sede e, por conseguinte, não darei valor a nada que encontra no meu meio social”. Esse é o princípio básico do trabalho, educar sobre patrimônio estabelecendo como principal a natureza que nos cerca, para que possamos valorizar tudo o que extraímos e construímos através dos recursos que dela retiramos.

O trabalho começa com o registro em fotografia das espécies vegetais que existem no nosso lugar, atentando para a sua beleza e capacidade de resistência no clima e solo em que estão inseridos. Em seguida, mostrar que a vida, embora pareça frágil, consegue se renovar mesmo depois de períodos longos de estiagem e que sob a ação do homem isso não é possível. É um trabalho de tomada de consciência.

Preciso de ajuda. Você quer me ajudar? Replanejemos e façamos um trabalho com jovens de todas as escolas para assim garantirmos o tão sonhado futuro a que almejamos.

Comentários

Bethânia, são maravilhosamente belas todas as imagens postadas no seu fotoblog, bem como são interessantes os conteúdos abordados no seu blog.Só mesmo alguém com a sua sensibilidade para transmutar em poesia essas paisagens e momentos da vida natural do nosso sertão sergipano e desenvolver pedagogicamente atividades que despertem a consciência ecológica e a reintegração do Ser com a natureza! Abraços de sua amiga ,ainda , Luci do Violão.

Postagens mais visitadas